Círculo das Artes agora atua também como editora colaborativa

intimidade
A Círculo das Artes lançará em agosto, no modelo colaborativo, a obra Intimidade, de Alexandre Tavares.

A Círculo das Artes editora, iniciativa de Elis Nunes (egressa do curso de Produção Editorial), funciona desde janeiro de 2016 e abre um espaço totalmente novo e dedicado a um inovador modelo de negócios: o colaborativo.

O formato foi baseado no crowdfunding, na qual várias pessoas apoiam um projeto, seja por meio de doações ou outras formas financeiras, mas com um toque a mais: na editora, diversos profissionais e escritores se apoiam mutualmente por meio de suas especialidades.

Desde sempre, autores que publicam seus livros em editoras tradicionais recebem sua bonificação em forma de royalties, em torno de 10%, mas os profissionais que atuam na produção, como revisores e designers, ganham sempre por projeto; já no novo formato, todos – incluindo distribuidoras, lojas e todos os envolvidos na façanha do livro – recebem por royalties ou participação dos lucros.

A Círculo das Artes tem fechado parcerias constantemente com outras empresas para esse projeto sair do papel, entre elas estão a i-Supply, que imprime e distribui os livros nas principais lojas virtuais do país sem a necessidade de estoque, a BookWire, distribuindo globalmente os livros digitais, Livraria da Vila que cede o espaço para os eventos de lançamento dos livros, entre outras.

Com a atual crise financeira no país, na qual muitas editoras têm fechado suas portas ou demitido centenas de funcionários, a Círculo das Artes passa a ser uma solução para esses profissionais que ficaram sem direção, uma vez que o mercado editorial é bem pequeno e está sofrendo de todos os lados. É também uma alternativa para outro aspecto bastante triste no país: o autor nacional muitas vezes é negado dentro dessas casas publicadoras ou precisa desembolsar valores grandes para ter suas obras publicadas.

O novo modelo de negócios é também uma aposta e um incentivo para que a sociedade brasileira tenha mais contato com a literatura nacional, descobrir novos autores e artistas, uma vez que considera os profissionais envolvidos como coautores de cada obra em que participam. Portanto, a Círculo das Artes está sempre buscando expandir seus horizontes e está aberta a qualquer proposta que possa auxiliar nesse cenário.

E também, diferente do departamento colaborativo, a editora oferece um leque de soluções bastante amplo que atua em diversas direções: para empresas, autores, profissionais e todos aqueles que precisam de um canal para publicação em geral.

Como a editora conta com diversos profissionais, também pode oferecer diversos serviços, dessa forma empresas ou pessoas que precisam de algum material, seja ele institucional, educacional e etc., pode encontrar na Círculo das Artes uma saída bastante viável e prática.

A Círculo das Artes também acredita no home office, portanto, todos os membros de sua equipe trabalham a distância e não precisam ser necessariamente de São Paulo.

Para saber mais, acesse o site www.circulodasartes.com.br
Atendimento: segunda a sexta, das 14h às 20h
E-mail: contato@circulodasartes.com.br